A- A A+ |
Sobral é tudo.
Sobral é da gente.
Sobral é agora.

A artista sobralense Thamila Santos terá sua obra “Algarismos para dar ouvidos" exposta no circuito artístico produzido pelo ateliê “Correspondências para um mundo que não acabou”, que reúne mulheres em território cearense e tem como proposta a conexão e correspondências entre as artistas. A exibição virtual, em 3D, acontece neste sábado (20/03), às 20 horas.

A obra da artista nos convida a escutar as margens de rios, as falas de mulheres, e pensar coletivamente: "Como a escuta pode fazer frente à necropolítica? Não para romantizar essa escuta, mas para pôr em relação/vizinhança. Como pôr em relação estar com outras mulheres de territórios diferentes, de vivências diferentes, histórias diferentes? Como é que a gente pode dar ouvidos e dispor?".

O projeto é apoiado pela Secretaria Estadual da Cultura, por meio do Fundo Estadual da Cultura, com recursos da Lei Aldir Blanc.

Outras informações sobre a web-exposição AQUI

Facebook